PRIMATO DESENVOLVE A ESCOLA DE LÍDERES

Projeto foi criado para que lideranças formem novos líderes na cooperativa.

Para que seja possível o desenvolvimento dos profissionais dentro de uma organização é preciso que haja ambiente favorável, incentivo à inovação, estímulo via oportunidades e capacitação constante. Com este cenário, as equipes de alto rendimento estão mais propícias à se desenvolverem, porém, é preciso liderança para que a condução e a sucessão seja uma premissa contínua.

Com este objetivo que a Primato Cooperativa Agroindustrial vem promovendo a Escola de Líderes, que busca identificar e capacitar colaboradores que tenham perfil de liderança e possam exercê-las de forma assertiva e com isso, conduzir suas equipes de forma eficaz.

CAPACITAÇÃO

A Escola de Líderes foi criada para formar novas lideranças dentro da cooperativa e formatada com o objetivo de também capacitar os participantes, alinhado com os valores da Primato. “O objetivo foi criar um projeto interno e identificar os colaboradores que tem potencial de crescimento e capacitá-los para que se desenvolvam e possam se tornar líderes dentro da cooperativa”, explicou o encarregado do setor financeiro, Carlos Augusto Eggers Hech.

Mas para que o projeto fosse mais completo, a Escola de Líderes foi desenvolvida para que além da capacitação em liderança e desenvolvimento de equipes, fosse trabalhado dentro do planejamento estratégico da Primato. “Por esse motivo buscamos montar um curso onde os professores são colaboradores e líderes dentro da cooperativa, afinal, estão alinhados com a missão, visão e principalmente os valores da Primato, podendo inclusive trabalhar com o planejamento estratégico, entendendo a cultura e a dinâmica de atuação praticada, sendo um exemplo aos futuros líderes para que também possam continuar este projeto, nas próximas turmas que virão”, enalteceu Carlos.

ESCOLA DE LÍDERES

A primeira turma da Escola de Líderes teve a participação de 19 colaboradores formandos de todas as áreas e setores da Primato. Foi desenvolvido em 12 módulos num total de 48 horas de capacitação. “Essa é a ideia da Escola de Líderes, formar as pessoas que têm potencial com base nos valores que nós temos dentro da Primato”, finalizou Carlos.

DESENVOLVIMENTO

O desenvolvimento de liderança passa necessariamente pelas questões de relacionamento, comunicação, gestão de pessoas, alinhados com os valores e a cultura da cooperativa. Para auxiliar contábil Thais de Moura Valero, a Escola de Líderes trouxe uma evolução. “Para ser um grande profissional e líder é preciso saber lidar com as pessoas. A qualificação vem da graduação, mas no trabalho se você não conseguir lidar com os colegas, com as situações que ocorrem no dia a dia, diferenciando o que é profissional do pessoal, não será possível colocar em prática todo o seu conhecimento”.

Thais ainda enfatizou que ter atitude é fundamental para se destacar e conseguir compartilhar ideias dentro da equipe. “Outro ponto importante debatido no curso foi a de se expor mais, mostrar e compartilhar suas ideias, evitando entrar em uma rotina e entendendo que só porque um procedimento sempre foi feito da mesma forma, é possível ser feito de outra maneira, compartilhando ideias na busca da melhoria deste processo”.

Falar em público e expor as ideias foram o diferencial para a colaboradora, “no meu caso em específico, sou tímida e costumo ficar retraída, mas o curso me mostrou que é preciso me expor, não me importar com o que os outros pensam, compartilhar as ideias e quem sabe disseminá-la”.

Turma de Formandos da Escola de Líderes Primato

Voltar