A FORÇA DO PEQUENO PRODUTOR RURAL

Principal responsável pela comida que chega às mesas das famílias brasileiras, a agricultura familiar responde por cerca de 70% dos alimentos consumidos em todo o País. O pequeno produtor rural ocupa hoje papel decisivo na cadeia produtiva que abastece o mercado brasileiro: mandioca (87%), feijão (70%), carne suína (59%), leite (58%), carne de aves (50%) e milho (46%) são alguns grupos de alimentos com forte presença da agricultura familiar na produção. É a dedicação e organização do pequeno produtor rural que faz movimentar a economia local, estadual e federal. E para que ele tenha ainda mais destaque nesta participação, a cooperativa faz toda a diferença.

SÃO PEDRO DO IGUAÇU
Esse é o exemplo de Valdeci Maciel, de São Pedro do Iguaçu. Em uma área familiar de 8 alqueires, ele produz uma parte agrícola com soja e milho, este para silagem para sua outra atividade, a pecuária leiteira. Com um plantel de 50 animais, sendo 22 em lactação com uma média geral de 374 litros de leite ao dia, a família do cooperado trabalha junto, sendo sua esposa e filho que tocam a propriedade. “No total da propriedade são 21 alqueires, mas as terras são de meu pai, por isso dividimos e produzimos cada um em um pedaço dela. A parte agrícola com soja é comercializada, mas a parte de milho safrinha, usamos para silagem, assim, conseguimos manejar o sítio e continuar no campo”, exclamou Valdeci.

RAÇÕES PRIMATO
Na parte da pecuária leiteira, o cooperado contou que assim que a Primato abriu a unidade agropecuária em São Pedro do Iguaçu, começou a usar as rações Prima Raça. “Assim que a Primato veio para São Pedro, nós começamos a utilizar as rações. Antes, usávamos de outras empresas, porém, não tínhamos os resultados que temos hoje, por isso, na sequência me tornei cooperado e continuo utilizando sem interrupção”, comentou Valdeci que ainda complementou, “podemos notar na produção do leite, nos animais que estão sadios, sem problemas de cascos ou outras doenças que atingem o rebanho. Estamos satisfeitos”.

COOPERATIVA
O cooperado fez questão de exaltar a importância da relação com a cooperativa no trabalho da pequena propriedade. “Para nós que somos pequenos produtores é muito importante contar com a cooperativa, pois temos um atendimento diferenciado, negociações mais acessíveis, a ração de qualidade”, enfatizou Valdeci que concluiu, “dessa forma conseguimos fazer com que haja um pouco mais de lucro na propriedade, assim como fazendo parte da cooperativa ainda temos umas sobras a cada ano, o que ajuda muito em nosso trabalho aqui no sítio”.

Voltar